domingo, 6 de setembro de 2009

Neco Vieira

Como ele mesmo afirma "um guri que talvez seja único",Neco Vieira, é compositor, letrista e poeta. É com tamanha facilidade que em pouco tempo consegue compor uma canção. Neco é nosso entrevistado do mês de setembro e é com muita alegria que mostramos o talento desse paulista com o coração carioca.

Balaio Contemporâneo - De onde veio o ato de escrever?

Neco Vieira -
Escrever foi algo que aconteceu por acaso, não por escolha, nem nada. Sempre gostei de escrever, lembro até que no ensino fundamental, na sempre memorável escola João de Souza Ferraz, do qual nunca esquecerei, pois estudei oito anos de minha vida. Eu pedia para a professora fazer por semana uma aula de redação, porém o projeto não foi adiante. Mas, em relação a letras e poemas, tudo começou em dezembro de 2005 quando eu havia prometido um depoimento no orkut de final de ano para uma amiga, e sentei-me em frente ao computador e comecei a escrever, algumas coisas rimadas, lindas na época, hoje tenho vergonha de mostrar. O fato que me intrigou foi que, ao escrever, eu tremia muito, rangia os dentes, como se fosse o dia mais frio do ano, e eu estivesse nu, porém era final de ano, verão. Então fui desenvolvendo isso, e descobri que eram letras de músicas, o que eu fazia, logo descobri o nome '' letrista'' e já passei a me autonomear como ''letrista''. E ai o tempo foi passando, e creio que fui evoluindo.

Balaio Contemporâneo - Você tem alguma influência? Quem?

Neco Vieira - Sim, tenho várias influências, musicais, pessoais, etc. Porém influência musical começou com Rita Lee, então fui conhecendo a boa MPB e rock nacional. Elis Regina, Cássia Eller, Cazuza, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Legião Urbana... Rita influenciou letras que fiz em 2006, Legião em 2007/2008, e no final de 2008 comecei a descobrir melhor um cara que eu já tinha ouvido falar ''Chico Buarque''. Depois disso todas as letras de 2009 estão vindo em estilo Chico Buarque, Tom Jobim, Vinícius de Moraes e todo esse pessoal da MPB – Música Popular Brasileira.

Balaio Contemporâneo - Você tem alguma inspiração na hora de escrever?

Neco Vieira - Sim, mulher, a alma feminina, relacionamentos amorosos, enfim, a vida, minha vida me inspira muito, meu dia-a-dia, minha rotina, minha curta e medíocre vidinha.

Balaio Contemporâneo - Como você consegue elaborar uma canção, texto e poema, tão rápido?

Neco Vieira - As letras já vêm prontas quando começo a escrever. É como se meu cérebro ficasse um tempo montando e entregasse às minhas mãos, prontas. É complicado explicar, porém, não passo horas, dias nem meses, para compor uma letra, basta-me apenas de cinco ou dez minutos à uma hora.

Balaio Contemporâneo - Qual seu tema favorito de escrever?

Neco Vieira -
Prefiro falar de amor do que de sentimentos de ódio, rancor. Gosto de escrever coisas que meus filhos possam ouvir sem se assustarem.

Balaio Contemporâneo - O que você acha das letras que estão surgindo no Brasil?

Neco Vieira –
Depende do estilo. Em relação ao funk, são letras que rebaixam a mulher, os sentimentos femininos. Em relação a MPB, estou gostando, estão surgindo ''caras'' novas que estou adorando. Já o rock nacional, sinto que ele está se perdendo em modinhas – tipo os emos [nada contra, adoro emo]. Então, qualquer cara com uma guitarrinha na mão, que cante de sentimentos adolescentes, e faça barulho estilo rock'n'roll já é considerado rock?! É preciso atenção.

Balaio Contemporâneo - Alguma letra sua já virou música? De quem? Como foi isso?

Neco Vieira -
Sim a primeira foi:

Deleite Ínclito

"Em todas as mulheres vejo o seu olhar,
Em todas as crianças vejo seu sorriso,
Em todos os abraços eu sinto o seu calor,
Em todas as lacunas sinto você.
Sei que não sei de você,
Mas tu podes me ensinar a ser só seu,
Basta dizer que eu sou seu eternamente,
Pois em todos os passos vejo o seu andar,
Em todos os sorrisos vejo você,
Em todas essas obras vejo você, meu amor.
Não posso chegar, não posso sair,
Estou preso em seu coração,
Não posso mandar, só sei obedecer,
Sou seu e de mais ninguém.
Mas em todos os vôos eu vejo tuas asas,
Em todos os sonhos vejo suas cores,
Em todos os homens sua bravura
Em todos os seres sua existência.
Eu te amo tanto, mas não sei pedir
O que eu mais quero é poder
Querer sem ninguém saber,
Sem ser censurado, sem ser derrotado,
Só quero é ter você.
Não posso chegar, não posso sair,
Estou preso em seu coração,
Não posso mandar, só sei obedecer,
Sou seu e de mais ninguém.
Não vou te abandonar jamais."

musicada por Giovana Vincenzi, ótima musicista, cantora, compositora. No entanto, tenho uma banda, chamada Nó Górdio, onde em, pouco mais de um ano de existência já teve várias entradas e saídas de integrantes, hoje, para falar a verdade é uma dupla. Inicialmente, Nó Górdio começou com a idéia de Beatriz Modesto montar uma banda, então, me convidou por eu ser letrista, e convidou Ana Luísa por tocar violão e saber compor e cantar muito bem, e Alexandre Natale como baterista, porém, no decorrer do ano, Beatriz e Alexandre saíram, entrou para os teclados então Marina Abreu que ficou só por dois meses, enfim, Nó Górdio permanece com Ana Luísa e Neco Vieira desde o princípio, e como sempre foi, Ana Luísa e eu compomos músicas e letras para nosso repertório, em breve todos ouvirão o som de Nó Górdio.

E finalizo dizendo um pedaço de uma letra recente minha, que relato meu amor pelo Rio de Janeiro:

"Salve todos brasileiros
Em especial o Rio
Sou paulista de nascença
Mas de coração sou Rio."


Confiram: letras - blog - flickr

5 comentários:

João Carvalho disse...

Muito legal o espaço. Parabéns, meninas! É sempre bom ter espaços como esse para divulgar tanta coisa legal. Principalmente o que não tem tanto espaço na grande mídia. O que vale é isso. Grande abraço e contem sempre comigo.
João Carvalho
www.pe360graus.com/realejo
www.pe360graus.com/giramundo

Neco Vieira disse...

Muito obrigado pela oportunidade.


Amei ter conhecido você [ Suann ] e ter contribuído humildemente para o Balaio Contemporâneo, e vocês para minha vida.

Obrigado

Joéliton dos Santos disse...

JOVEM TALENTOSO....EU AMO ESSE DOM DE COMPOR....
EU TAMBÉM COMPONHO..TENHO 14 MUSICAS GOSPEL..

MEUS PARABÉNS NECO, VOCÊ TEM UM GRANDE FUTURO PELA FRENTE....

ABRAÇÃO MENINAS, PARABÉNS PELO GRANDE PROJETO DE MOSTRAR AO POVO OS TALENTOS BRASILEIROS...

BJOSS

Neco Vieira disse...

Obrigado Joéliton.

Continuemos nesse mundo de composições para que um dia sejamos felizes.


Nunca desista de seus sonhos, desejos, aspirações, seja feliz.


Abraços.

Joéliton dos Santos disse...

OLÁ. EU DECIDI FAZER JORNALISMO...
E PARA COMEÇAR A TREINAR, RESOLVI CRIAR UM BLOG INFORMATICO, TIPO UM JORNAL ELETRÔNICO. COMO VOCÊ GOSTA DA TAREFA, QUERIA LHE CONVIDAR PARA SE UNIR, JUNTAMENTE COMIGO, PARA JUNTOS, POSTARMOS NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO.
VISITE O BLOG: http://joelitoninformativo.blogspot.com/