domingo, 20 de setembro de 2009

Ana Paula na Caixeta

Cara de bailarina, pele de porcelana e com um talento fantástico para desenhar, Ana Paula Caixeta, BailariAna para íntimos, é o mais novo talento que o balaio contemporâneo mostra direto da capital do Brasil – Brasília.

"Desde criança tento desenhar. Sempre tive uma atração enorme e sensível para as diversas formas de expressão artística. É um mundo tão perfeito! Tão maravilhoso, que ultrapassa a realidade por completo. Sublime, diria. Essa fascinação eu trago comigo a vida inteira. Não tive muito incentivo. As pessoas ainda não conhecem muito o valor e a importância da arte em nossas vidas, seja ela qual representação for. É questão de formação humana. Ela faz parte, integralmente, da constituição do indivíduo em sua sensitividade perante o mundo. Isso ameniza essa difícil sobrevivência tão efêmera, acredito”, afirma ela.

Na infância tentava desenhar o que as pessoas desejavam, mas depois percebeu que não era feliz com suas produções e resolveu parar. Ingressou no curso de Letras e começou a lecionar. Mas percebia que faltava alguma coisa dentro de si. Foi então que decidiu estudar Artes Plásticas – onde estuda até hoje - e buscar sua felicidade nos desenhos.

A maioria dos seus desenhos são em preto e branco, pois se diz ter um grande problema com cores por não saber pintar e achar extremamente difícil de ser trabalhado. Na conclusão de uma disciplina de esculturas utilizou peças de bonecas para construir objetos - “Essa escolha
se deu ao fato de não me simpatizar muito com esses “brinquedinhos” de expressões demoníacas. É uma antipatia particular, diria. Tenho muito problema com a figura humana, pois se quer tudo tão perfeito, mas ninguém é. Uma luta maldita para buscar algo que jamais se alcançará. Essa padronização me irrita! Por isso tenho tanta distorção do humano em meus trabalhos.” - segundo Ana Paula.

Ela confessa que não possui inspiração para desenhar, e brinca: Só queria muito ter a inspiração de que tanto falam. Acho que ela não gostou de mim e me deixou ao léu”. Pretende um dia poder trabalhar com uma temática, fazendo esboço, usando borracha para corrigir e aperfeiçoar seus rabiscos, pois até então simplesmente risca e ao final é que vê o resultado e toda sua significação óbvia, porém, inusitada. Bosch, Kandinsky, Brueghel, Beksinski e Degas são alguns artistas que lhe inspiram e enchem seus olhos.


Algumas obras de Ana Paula na Caixeta:











































9 comentários:

Juli disse...

Moça muito talentosa, a Ana Paula, gostei muito de seu trabalho, parabéns meninas pelos talentos mostrados aqui!
Sucesso!

Joéliton dos Santos disse...

Olá meninas...

Que prazer, poder conhecer mais um talento do nosso maravilhoso Brasil.
Esta menina realmente tem um grande talento.
Eu aposto em seu sucesso, Ana.
Um grande abraço a todos.!

Ricardo Malagoli disse...

Não quero parecer machista, embora o seja um pouco. Mas, além de talentosa... Ela é linda!

Ótimo texto.

Abs.

F. Fel disse...

Ô meninas do balaio!!!!!!
vcs estao de parabéns por + este trabalho! Esta menina linda é artista de verdade!!!!!!! Parabéns pelo talento Ana Paula...!
Vamos divulgar mais a cultura de blog pois os internautas estão lendo bem mais e escrevendo tb!!!!!
Brasil é país de pura arte e talento!!!!!!!!
um grande beijo nas severinas e na artista bailarina...!!!lindas meninas!!
Há braços em todos!

Ana Paula disse...

Só tenho a agradecer, tanto às Severinas, como vocês, leitores!
Obrigada de coração!
Beijos!!

lorena disse...

Ana paula, desejo-lhe toda paz e alegria em sua vida! Continue sendo essa artista plástica de inspiração perfeita que preenche as folhas em branco!!!
Um abraço de todo o
coração de sua
ex-aluna:lorena.

Anônimo disse...

Adoro seus desenhos- são tão expressionistas!!!
Parabéns pelo talento-Anarina!

Anônimo disse...

Seus desenhos são( quase palavras)
Uma artista expressiva!!!
Parabéns, Ana paula.

Anônimo disse...

Este ano meio triste,
meio vazio, meio silencioso e
meio angustiante...
Seus desenhos me alegram!!!
Obrigada,artista Ana Paula,
continue brilhando sempre
em sua vida.

Deus te abençoe sempre,Lorena.